quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Mais um centro em Dias D'avila


Conheci o Peniel da rede Desafio Jovem quase por acaso em agosto do ano passado . Fui com um ex-interno de lá e que passou também pela casa de passagem , chamado Robson . Dormimos em Dias D'avila (Eu , Robson,  Jailton e Valdemir ), porque fomos para um casamento em Camaçari da irmã de Willames . De manhã cedo Robson me chama para irmos lá conhecer o centro porque ele iria ver a irmã e de quebra pegariamos o culto . O  centro é grande , organizado e dividido em 3 partes ; A ala masculina , a feminina e uma para pessoas excepcionais . Até dentro da igreja eles ficam divididos na hora do culto . Não vou mentir que fiquei um pouco incomodado com a presença dos excepcionais , pois alguns deles faziam barulho durante o culto .

Quando fui de carro com um motorista contratado para levarmos Graça para este centro no inicio deste ano , ela assim que chegamos desistiu de ficar lá , por causa dos excepcionais . E acabamos por isso descobrindo o centro de D. Celina , lá perto e ela ficou neste .

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Sobre os nossos cultos



Os cultos que realizamos têm vários intuitos . O de tranquilizar uma familia e agradecer a Deus pelo cuidado com a pessoa internada por nós. Também serve para levármos a Palavra de Deus para lares que passam por situações das mais diversas e que nos pedem orações e acompanhamento .

Geralmente quem dá a Palavra é Maria Clara , anterirormente era o Pr. Barreto . Qualquer um pode ser preletor num desses cultos ; Mas preferimos dividir funções ; Há grupos de levitas e  intercessores .

Já realizamos também cultos em igrejas . Um vez antes de realmente o grupo existir como hoje é , organizamos um mês depois da morte de Irineu um Culto na Igreja da Rua do catu , para a familia dele . Neste dia Junior , Maria Clara e Vera falaram .; Barreto ministrou a Palavra e eu pela primeira vez louvei num púlpito ; A canção que escolhi foi Um Chamado do grupo 4x1 ; Era uma musica que Irineu gostava e emocionou a todos inclusive eu que não consegui mais cantar direito depois que vi quase todos chorando .

Cultos domiciliares


Foram vários cultos e campanhas que realizamos em casas . Aqui registrado dois momentos ; Com a missionária Vera de Salvador e seu filho Alex na casa da familia de Ismael , era o encerramento de uma campanha em prol deste jovem . Estou lá atrás e Junior foi quem tirou a foto . Na outra foto vê-se três integrantes dos Pacificadores : Valdeir , Erivan e Maria Clara ; Eu e outros não aparecemos na foto . Este culto foi realizado no Sobocó /Brazilianha .


Algumas fotos de pessoas e familias que visitamos




Depois de ter acontecido um problema com Antonio Marcos aqui em Alagoinhas , mandamos ele para Salvador . 1 mês depois fomos visitálo no dia do aniversário dele em Salvador . Foi eu e Maria Clara , e lá ele estava muito angustiado ocm vontade de volatar para a cidade dele , pra familia e pro trabalho . Em outra foto eu vou visitar um jovem chamado Moisés , lá na Vila Marçal . Este jovem no dia a nterior À minha visita se interessou em internar-se por insistência de uma tia . Neste dia que fui confirmar com ele em casa da viagem par o centro ele havia desistido de ir .

As visitas são o primeiro passo

O grupo Pacificadores antigamente tinha somente a visão da internação . Foi preciso Barreto quando Presidente nos alertar que deveríamos analisar mais estas visitas pois existem Casos e casos ; Que devêssemos ser mais criteriosos no tratamento do grupo à  pessoa em questão . Aceitamos esta opinião , por percebermos que ninguém é igual , e que cada um tem suas especificidades e naturezas . Temos os mais variados tipos de pessoas , que geralmente sofrem influência do meio em que vivem ; Ou na esfera da familia ou da comunidade em que moram.

Por exemplo , quando dentro de casa ,  o pai , a mãe ou irmãos são usuários , a chance de recaída é maior . Quando depois de internadas estas pessoas voltam par ao bairro perigoso ou entram em contatos frequêntes com "parceiros" a chance de retorno é muito grande . 

Têem pessoas que adquirem força de vontade e outras possuem baixa auto-estima , durante o porcesso de recuperação ; Sabendo disso e acompanhando a pessoas ou familia , facilita o trabalho do grupo .

Realizamos com alguma freqência , visitas pra podermos nos certificar de como está a pessoa cuidada por nós .

Tivemos êxitos em algumas visitas e em outras ficamos muitas vezes sem conseguir fazer com que a pessoa se abra ,para nos contar se realmente quer se ajudada . Muitas vezes são os familiares que nos procuram . Pouquissimas vezes uma pessoa manifesta a vontade de mudança ; Nesse caso pedem ajuda ao grupo ; Geralmente pedem internação , mas depois de  algumas visitas , se constatarmos que a pessoa não precisa , tentamos convencê-la a ser acompanha pelo grupo . A unica exceção é se a pessoa não correr risco de vida , aí sim providenciamos com urgência em centro para levá-la .

4 - A primeira impressão ficou


Quando conheci o Dr. Jesus em janeiro deste ano , não imaginava que seria daquele jeito tão peculiar de ser e de estar . Foi quase um choque tudo o que vi . Da estrutura muito grande à quantidade de internos , passando pela administração agressiva de Isidoro e equipe . Tinha ido com Maria Clara par levarmos Alisson e Pardal ; Fomos em carros diferentes pois do lado de Alisson teve uma ajudinha de um pastor chamado Israel ( também de metodos muito escândalosos de interpelar um usuário de drogas) que já levava pessoas para este centro . Entramos em contato pra levar Ninho eu e D. Lourdes e fomos no carro dele para Candeias . Já pelo lado de Antonio Marcos pedia a Maria Clara pra conseguir pelo lado da igreja deles dois a Apascentar na figura do Pr. Almir que consehuiu um carro com um pastor que já levava um rapaz . Eu fui com Alisson e ela com Pardal . Saimos no mesmo horário e chegamos juntos . Ela se escandalizou com a maneira de Isidoro coordenar a recepção às familias e internos . Mas apesar de discordarmos de algumas coisas , sabemos que Deus usou ele , para converter naquele dia D. Lourdes . Retornamos com D. Lourdes juntos no carro do Pr. Israel . Volatmos com a sensação do dever cumprido e de termos presenciado algo anormal para os nossos padrões cristão .

3 - Eu não fu idesta vez


Desta vez só Zé Carlos e Maria Clara foram até o centro . Dessa vez tinhamos também que acompanhar Gilbert , pois Pardal já estava a um bom tempo . Eu estava escalado pra ir mas de ultima hora , eu tive que fazer uma viagem pra outro lugar .

Dessa vez ficamos sabendo das camisas coloridas : a verde , a azul , a amarela e a vermelha ; Esta ultima é a unica que tem uma funcionalidade no centro , a de mostrar que a pessoa que está vestida nela está em disciplina , por ter infringido alguma norma da entidade .

2 - Mais fotos do centro de Candeias





Em maio de passagem pelo centro Dr. Jesus eu ,Adailton, Mussá e Barreto ( pois tinhamos ido de fato ver outro centro em outra cidade ) , resolvemos parar pra que eles três conhecessem e de quebra vermos Pardal , o que não aconteceu ; O que realmente aconteceu foi o de tietarem o Pastor Isidoro . Barreto e Adailton gostaram do figuraça . Eu não , pois já conhecia ele e as suas presepadas .

1 - As várias fotos de várias visitas ao Dr. Jesus


Em setembro tive lá duas vezes uma delas com Valdeir e Zé Carlos . Na fotos fizemos questão de mostrar que fomos padronizados com acamisa do grupo , faltando o P .

O centro mais visitado

 De longe o Dr. Jesus é o centro que mais fomos antes e depóis do grupo formado . Os motivos destas idas é que por ser o unico centro "gratuíto" da Bahia e por ter que estar sempre acompanhando os jovens que mandamos para lá , acabamos pintando por lá várias vezes no ano .

Nossa primeira  ida e que passamos a ter conhecimento das formas de condutas foi em janeiro quando levamos logo de vez Pardal e Alisson . A principio nos impressionamos eu e Maria Clara com o tamanho do centro em forma de navio e que fica na beira da estrada em frente a um bairro onde mora o Pr. Isidoro , o responsável que dirige o centro com mão de ferro . Lá na casa dele com ares de mansão , fica a ala feminina do Dr. Jesus ; Lá também é feita a triagem de todos os internos quando chegam par internação . Além desses dois locais ainda há a Fazenda Ipê , que fica bem distante dos outros dois . É lá que fica a grande maioria dos "alunos" . Ao todo o Dr. Jesus abriga em média entre homesn e mulheres mil pessoas ; Fora os obreiros , e pessoal da assistência medica e adminsitrativa. É de impressionar os numéros deste centro mantido por obras e pelo governo estadual . Mas o que impressiona mesmo é a figura polêmica do "doido" , é assim que ele mesmo se chama e é chamado pelos que desaprovam as formas de conduzir estes centros . A receptividade dele aos novos internos e suas respectivas familias é em meio a um culto so som de musicas afro ( o centro tem um grupo percussivo estilo Olodum ) ele mesmo puxa os toques num atabaque , que mais parece toque pra entrada de orixás . Num misto de comicidade e fanatismo ele diverte e assuta que não está acostumado com o "espetáculo " que dá . A  partir de outras visitas fomos nos acostumando com sesu xingamentos , palavrões e piadas já gastas e comando de voz aos internos ,que até nos faz decorar tudo até seu testemunho . Nada de novo em todas as visitas . Maria Clara foi mais vezes do que eu levar coisas pra Pardal , levar Gilbert e visitá-los . Depois em maio eu  de passagem com Mussá , Adailton e Barreto , vindos de Lauro de Freitas , tiramos fotos com Isidoro e não vimos Pardal que estava no Ipê . Depois de tanto tempo estive duas vezes em setembro com Valdeir e José Carlos visitando Pardal ; E quinze dias após retornei para pegar Pardal para passar uns dias em Alagoinhas .

Projeto Cerpa - Lauro de Freitas



Na foto de cima , eu entre os dois estrangeiros . O motorista e futuro membro do grupo , o moçambicano Mussá e o porteiro do CERPA , o trinitino Malcolm. Na foto de baixo Adailton , S. Joaquim , Barreto e Graça .

Centro estranho

Mais uma vez fui visitar Graça , desta vez num centro em Lauro de Freitas . O nome do centro é Projeto CERPA . Desta vez já fui como Pacificador , juntamente com mais dois membros e um que seria depois . Barreto e Adailton foram em cartér de Grupo Pacificadores , Presidente e 1 ª Tesoureiro respectivamente . O motorista de Táxi que nos levou , eu e Adailton passamos a conhecer neste dia . Quando chegamos na cidade saimos perguntando  até encontrarmos , pois eu tinha em mãos um mapa que o responsavél pelo centro tinha desenhado pra eu poder me guiar quando fosse lá . Ele certa vez teve em minha casa pra trazer Graça pra ver mainha ; seu nome : Joaquim . Quando achamos o centro , fomos atendidos por um homem de meia - idade negro e com um sotaque carregadamente forte puxado parta o inglês . Nos tratou indelicadamente e foi ríspido ao nos atender , mas quando me identifiquei como irmão de Graça ele abriu o pórtão . Depois de algum tempo lá no centro perguntei o nome e o local de onde ele era ; Chamava-se Malcolm e era de Trinidad e Tobago . Depois de conversar com ele em inglês , percebi que aquele jeito era a natureza dele e que era tipo um porteito do centro .

Fomos pra o escritório do estabelecimento e batemos um longo papo com o rpoprietário do centro . Estranhamos muitas vezes as coloccações do Seu Joaquim . Decepcionado com as igrejas , os evangélicos e com entidades que dizem apoiar centros de recuperação . Ele nos passou a ideía de charlatanismo e de usar metódos nada ortodoxos de recuperação através de uso indiscriminado de medicamentos para os pacientes e só falava em projetos caros e megalomaniacos para o centro dele . Estaávamos no mês de maio e minha irmã já tinha alguns poucos meses lá e não tinha vontade de ficar mais . Ela havia me falado algumas horas depois . Oramos junto com os internos e depois tomamos café com eles . Resumindo toda a história , este centro não nos passou boa impressão . Neste mesmo dia ainda passariamos no centro de Candeias por acaso , mas conto em outro post.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Mais fotos pernambucanas




Foi uma pena eu não ter levado uma máquina digital  senão teria tirado muitas fotos  . E por ter que me contentar em tirar as fotos pelo  meu celular na época , não saia nas fotos .Tive  que registrar o que podia , porque  meu celular tinha  uma memória interna pequena . Na primeira foto   todos os internos do centro e o Pr que deu a palavra naquela noite ( eu tirei a foto) ;Na segunda foto o abençoado obreiro Daniel e Tadeu . E Irineu e Luiz  em frente ao dormitório deles na  terceira foto .

Ainda sobre Caruaru


Eu e Irineu tendo aou fundo a lagoa que fica dentro do centro Luz e Vida . Neste dia alguns instantes antes dei uma palavra no refeitório a todos os internos antes de almoçarmos , sobre sonhos . Que ele não desistissem dos sonhos que eles tinham no coração ; Depois puxei o lovou de Ludmilar Ferber , Os Sonhos de Deus . Todos nos emocionamos . Foi um momento lindo preparado por Deus .

Conheço Pernambuco por um Centro

Eu em fente à igreja onde os internos ouviam pregações e louvavam a Deus . Onde naquela noite também eu ouviria e louvaria com eles , uma palavra do Pr. da igreja Batista responsável pelo Centro . Foi muito bom . 

No fim de Julho e inicio de agosto fui a Pernambuco levar um filho meu espiritual , para ser internado no centro Luz e Vida da rede de centros Desafio Jovem . Fui sem conhecer nadica de nada . Pra mim e Irineu foi uma fantástica viagem rumo ao desconhecido pelas mãos de Deus .

Chegando a este Centro reencontrei um irmão de longa data da Belém , Luiz . Estava lá internado pra se recuperar de alcoól e drogas . Dormi nesete centro na casa de Seu Raimundo um senhor muito simpático que me contava "causos" e que foi obreiro do meu pastor enquanto interno do centro . Sai conhecendo todos os outros interno de vários estados do nordeste e um do Amapá .

Eram dois obreiros de estilos diferentes ; Um era pastor , chamava-se Daniel e me levou no dia do meu retorno , a conhecer de carro quase toda Caruaru . Gente boa este abençoado ; Calmo e age com muito bom senso . Já o outro é meio fechado e de uma natureza antipática . Mais tarde sobre por Irineu e Luiz que ele bebia escondido no centro .

Foi uma gratificante e maravilhosa experiência , pois foi lá que pela primeira vez fui chamado de Missionário . Aquela palavra soou nos meus ouvidos com uma bela canção de louvor a Deus . Quando voltei pra cidade , o Pr. João Maria também me chamou assim , e não por coincidência , mas como confirmaçõa de Deus .

Meio dolorosa foi a despedida de Irineu , não teanto por mim , mas muito mais por ele , que meio triste se despediu de mim ; E a conteceu quma coisa que nunca aconteceu dele fazer isso com ninguém . Ao me despedir dele e desejar que ele mudasse dando palavras de conforto e amor para ele se recuperar ser perseverante e forte no tempo que ficasse lá , abracei e dei um beijo no rosto dele ; Imediatamente ele também me deu um beijo também . E u fiquei surpreso pois ele era muito machista e tímido . Mas percebi ali que Deus já estava o tratando , porque quando chegamos em frente ao centro , meio perdidos , tocava uma canção que ele gostava muito do grupo 4x1 , a musica Um Chamado olhamos para o lado e ´a estava o centro que procurávamos Pena que ele só tenha ficado 15 dias , e o resto já é uma outra história ...

Centro em Dias Dávila





Em Janeiro do ano passado eu , juntamente com Barreto e Junior visitei o Centro da ira. Celina ; Uma simpática senhora que é responsável por este centro só para mulheres em Dias Dávila . Ele está localizado numa area urbana da cidade numa casa simples . Os quartos das internas ficam no primeiro andar da casa . Fui visitar minha irmã Graça que estava internada neste centro . Levei o pastor Barreto e Junior para conhecerem o centro e darmos uma palavra através de um pequeno culto que realizamos no momento . Fomos carinhosamente bem tratados por D. Celina , que nos serviu um almoço . Junior tratou de fazer amizade com duas interna da ifaixa etária dele e o pastor Barreto se concentrou mais em aconselhar Graça . Já eu preferi conversar com a dona do centro e conhecer o estabelecimento . Futuramente colocarei o video que fiz lá , aqui no blog .

Valdeir passa a admirar a Casa de Passagem


Algumas semanas depois foia vez de Valdeir conhecer a Casa de Passagem . Apesar de ser convidado várias vezes pra ir , só decidiu no ultimo domingo dia 24 de outubro . Gostou do campo , da estrutura e de alguns jovens do centro . Ele aprovou o campo para o torneio que pretendemos realizar lá . Também se impressionou com alguns internos que aprenderam a cortar cabelo , já que ele é um profisional do ramo . Se sentiu tão a´vontade que também queria registrar em foto o momento de prazer que desfrutou no trânquilo centro .

Os Novos Pacificadores estréiam em visita a Centro


Somente Regina já havia visitado um Centro de Recuperação . Ela conheceu o Centro Nova Vida em Feira de Santana , por conta do estágio que ele fazia para o curso que ela fazia  de Asssitente Social na faculdade .

Eu tinha levado além dela Erivan e Jailson no dia 03 de outubro deste ano . Eles se encantaram com o lugar e por conhecer os jovens internos da Casa de Passagem Batista Belém . Conversaram com alguns alunos e passearam por toda a área do centro . Eu apresentei os meninos e os dois obreiros que estavam trabalhando naquele dia : Valdemir e Jacson que chegou quando já estávamos perto de ir mos embora .

Antônio Marcos ( Pardal ) em visita a Centro


Em 2007 Antonio Marcos também se interessou pelo trabalho missionário junto a centros de recuperação . Ele começou a frequentar a Casa do Oleiro que estava situado no final de linha da Rua do Catu . Ele mesmo um ex-usuário de drogas , que nunca havia passado por um centro de recuperação , estava vencendo sozinho a luta contra o vicio . Queria conhecer de perto a realidade de uma instituição como esta e ajudar aos internos levando uma palavra de Deus para fortalecer eles e também a ele .

Visitas a centros

Como coloquei num dos primeiros posts deste blog , eu sou o que tenho mais experiência em vistas a Centros de Recuperação .  Alé de trabalhar volunteriamente na Casa de Passagem e ter tido minha primeira experiência como obreiro lá , conheci outros centros dentro e fora da Bahia ; Mas não foi somente eu que passei a conhecer centros . O próprio Aantônio Marcos depois que evangelizei passou acompanhar os internos da Casa do Oleiro , na Rua do Catu . Este centro não existe mais ( as visitas dele foram em 2007 ) ; Eu mesmo fiquei de visitar , mas não cheguei a ir .

Colocarei algumas fotos aqui para apreciação de voces . Pena que a maioria dos centros que visitamos não foram registrados em fotos . Alguns em videos , e futuramente colocarei aqui esses videos .

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Nome aos bois não ; Ás ovelhas .

Aqui o rebanho é outro . Temos o nosso verdadeiro pastor que é Jesus Cristo .

Então irmãos se decidam logo , pois ele está voltando  ao Aprisco .

Tainà , Antônio , Damasceno , Marcia ,Samuel , Neide , Érika , Fátima , Rafael , Helena , Rafael , Marcos , Luziane , Jailton e tantos outros .

Grande é a Seara , poucos são os Ceifeiros .

A volta dos que nunca foram ?

Bom o titulo deste post quer dizer o seguinte : Muitas pessoas sempre disseram fazer parte do grupo , mas infelizmente nunca compareceram a uma reunião e quando compareceram nunca disseram a que vieram . São irmãos em Cristo que professam a mesma fé que nós do grupo , mas que não tem tempo para o evangelismo , ser um missionário ou trabalhar na obra .

É muito triste saber que de boas intenções os irmãos estão cheios . Digo triste por sabermos que estão é  cheios de afazeres . Não podem , não querem ou não se interessam em doarem um pouco das preciosas horas em detrimento de preciosas almas . Sim irmãos isto é lamentavél ; Me faza lembrar do mancebo rico que queria deguir a Cristo mas ao mesmo tempo não queria se apartar dos seus bens materiais ; Ou até mesmo da querida Marta , irmã de Maria ; Ela também amava e gostava da visita do Senhor Jesus à sua casa , mas não trocava o maravilhoso momento de prazer e felicidade ao lado Dele pelas obrigações que desempenhava já que a irmã a deixava realizar sozinha as atividades da casa . 

A grande maioria dos Cristãos de hoje andam ansiosos , medrosos , preocupados , desmotivados , apáticos , nervosos , neuróticos , arredios , dentros das proprias igrejas . São "n" motivos que a levam a vegetarem  e não viverem da fé . 

Deus nos chama , nos conclama a servirmos aos mais necessitados , aos desassistidos pela sociedade A irmos nas familias , levar a Paz , a verdadeira Paz , aquela que vem de Cristo .

Estamos dentro de Igrejas adoentadas  pelo mal do século . Não , não falo das drogas , da violência , da corrupção , da miséria e de tantos outros flegelos dos dias atuais ; Falo do mal maior a apostasia , sim esse mal tem levado as pessoas a deixarem de crer num evangelho tranformador e  miraculoso . Vão das suas casas pra igreja e vice-versa e não percebem que é fora das igrejas que devemos buscar vidas para conhecerem a verdade assim com um dia elas conheceram . 

O maior e mais vergonhoso pecado é a omissão . Ele não é um sentimento , uma coisa abstrata é a não ação ; É uma negação a Deus uma abnegação ao próprio egoismo . Temos que dizer chega . Basta de tanta hipocrisia , tanto comodismo .

Finalizo ocm uma frase que me pareçe um pouco manjada , mas sintetiza todo este texto :

"Quem não vive para servir , não serve para viver. " Não estou sendo radical . Estou expondo uma critíca aos que "vivem para Cristo" .

Apesar de não parecer é uma frase mundana , mas que podemos tranformar numa exortação cristã sim . Pois a vida a que me refiro é uma vida de e em santidade .

16 ª Membro - Regina


Ela é simbolo de uma nova mentalidade no grupo . Convidada por Erivan para vir às reuniões , chegou a demorar um pouco para comparecer . Praticamente ela e Jailson são os dois mais novos integrantes após a ruptura que houve com a saída de Barreto e de outras pessoas . Ela inaugura um novo momento no grupo , o da seriedade , união , profissionalismo e evangelismo levado à sério .

15 ª Membro - Jailson


Foi acidentalmente para uma reunião por ter ido num discipulado numa casa em que Maria Clara discipula ; Por sinal ele também é discipulado por ela . Enquanto observava a reunião opinou em algumas coisas e se comprometeu em ajudar em outras ; Só que infelizmente avisamos a ele que só poderia fazer parte do grupo depois de convertido já que ele não era ainda . Duas semanas depois ele se converte e hoje é integrante permanente no grupo , por sinal já ocupando ocargo de 2ª Secretário .

14 ª Membro - Sueli


Quando veio pela primeira vez numa reunião , assim como um rapaz chamado Samuel , não deu garantias que ficaria , apesar dele ter recusado a ficar no grupo . Foi convidada por mim , e só se sentia À vontade como grupo se eu estivesse presente . Na ultima reunião em que esteve presente levou uma amiga chama da Neide , para integrar o grupo . Já não está mais frequentando as reuniões e por consequente a amiga dela também não .

13 ª Membro - Erivan


Convidado anteriormente por Maria Clara , chegou a vir numa reunião , mas decidiu não ficar no grupo , por achar que não poderia decidir por fazer parte de algo sem consultar o seu Pastor . Depois da saída de Barreto se sentiu mais à vontade para retornar para o grupo . Hoje é o 1ª Secretário do grupo . Também é um dos membros do grupo de intercessão .

12 ª Membro - Valdeir


Este esteve presente na primeira reunião e já veio decidido a querer participar do grupo . Apesar de posteriormente ele não ser assíduo nas reuniões , acabou sendo mais presente após a saida do antigo presidente . É a pessoa depois dos atuais membros que mais tem feito visitas e cultos domiciliares depois de Gilson e Maria Clara ; Por conta disto aceitou com um pouco de atraso ser o Vice-Presidente . Provisóriamente está também liderando a Diretoria de Ação Social , já que é barbeiro .

11ª Membro - Célia


Talvez até ela tenha decidido primeiro que o marido , pois no dia parece que ele repondeu que queria antes de terminar a reunião e ele aceitar . é casada com o irmão Pedro e ambos foram convidados por Pr. Barreto . Como o esposo ela também nunca participou de alguma ação do grupo que não tenha sido reunião . Aceitou ser a 2ª Tesoureira do grupo até Adailton retornar , pois ele era o 1ª Tesoureiro . Quando Barreto resolveu deixar o grupo numa reunião na casa dela , ela deixou implicito naquele momento que se ele saisse , ela também não ficaria ; Dito e certo , ela está fora do grupo .

10 ª Membro - Pedro


Boa intenção era a marca de Pedro . Foi convidado por Barreto a conhecer o grupo através de uma reunião . No momento que foi convidado a fazer parte ele não aceitou , por não se achar preparado par desempenhara as atividades que o grupo propôs a ele . Mas na outra oportunidade que foi pra reunião resolveu aceitar . Sempre trabalhador incansável , reconhecia que estava deixando a desejar dentro do grupo , pelas obrigações profissionais que ele exercia . Nunca trabalhou efetivamente em nehuma atividade dos Pacificadores , por contas das próprias ocupações . Apesar da saida da esposa , do amigo Mussá e do pastor , ele permanece como membro , só que nunca foi pra uma reunião depois que se constituiu a nova diretoria .

9ª Membro - Mussá


Foi por acaso que ele veio a conhecer e se interessar em fazer parte do grupo . Depois que foi contratado por Barreto para nos levármos a umas visitas a centros ( já que é motorista de Taxi )  é que conversando conosco durante a viagem percebi que era uma pessao inteligente e provida de bom senso . Por conta dessa percepção pedia Barreto que já o conhecia que o convidasse ; Aceitou , e sempre se mostrou solicito . Só que por ser dono de uma natureza ás vezes rude e exigente demais , resolveu também sair par evitar confrontos maiores com os outros integrantes . 

8 ª Membro - Zé Carlos


Foi por um período o 2ª Secretário , mesmo sem de fato exercer a atividade . Na verdade ele sempre foi um pouco inconstatnte dentro dos Pacificadores . Exemplo disto foi que saiu do grupo duas veses e retornou ; Mas no momento decidiu afastar-se sem dar esclarecimento dos motivos ao grupo . Sempre defendeu conservadoramente seus pontos de vista , sem envolvimento com o que defendia .

7ª Membro - Ariela


Filha de Maria Clara e uma das pessoas mais pensantes dentro do grupo . Mas ultimamente tem se mostrado mais reservada nas reuniões . Sempre se esquivou dos contives pra ocupação de cargo no grupo , não aceitando nenhum dos convites . Defende às causas com uma visão de quem é melhor observador do que ativista . Mesmo com tendência ao ostracismo ele consegue passar credibilidade aos demais integrantes .

6ª Membro - Rosângela


Ró como é chamada por todos , veio a fazer parte do grupo , quando me procurou para ajudar na internação do filho dela . Já a conhecia a certo tempo e ela se sentiu que deveria integrar os Pacificadores . Mas com o passar do tempo , notamos que ela se esforçava muito pra cuidar da familia e os problemas que esta enfrentava ; Mas sempre foi dedicada Às reuniões do grupo . Afastou-se aos poucos por conta da luta que trava pra segurar o sustento da familia .; Mesmo assim nunca se desligou do grupo , nós que sempre a poupamos de tamanho esforço para assumir as atividades da tesouraria , já que foi a 2ª Tesoureira .

5ª Membro - Barreto


Quando foi convidado por Gilson para fazer parte do grupo , recusou na hora alegando querer saber primeiro quem estava integrando os Pacificadores . Depois que cito os nomes ele decide quem deveria ou não fazer parte ,  por coincidência o nome que ele não aceitava no hrupo , já estávamos desligando das reuniões . Por sua experiência em outras associações e por ser um Pastor , o escolhemos como Presidente , e ele aceitou . Só que com o passar do tempo percebemos que entre nós e ele já não existia o que inicialmente nós admiravamos nele . Estava agindo ditatorialmente enquanto nos chamava de inconsequentes e despreparados . Acabou por optar sair do grupo .

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

4ª Membro - Junior


Assim como Adailton e Maria Clara , ele também foi convidado por Gilson pra ser um dos fundadores do grupo ; Após sair da casa ele passa a andar com ele , procurando levá-lo a ajudar outros jovens que estavam no meundo das drogas . Também foi um ex-interno da Casa de Passagem por duas vezes e atualmente está lá de novo só que dessa vez como um aprendiz de obreiro . Saiu do grupo na 3ª reunião por discordar de algumas opimiões ; Pretende voltar para Os Pacificadores no mês que vem quando sair da casa .

terça-feira, 19 de outubro de 2010

3ª Membro - Maria Clara


Missionária nata . Sempre foi uma mulher que nunca mediu esforços para levar uma palavra de conforto a quem a procurasse . Sempre com um coração maternal , acolhedor e compassivo , conquista aquelas pessoas que ficam cativadas pelas palavras amorosas dela . Para realizar o trabalho que hoje ela realiza , teve que brigar pela autonomia espirtual dela no que diz respeito a não  subjugar-se a decisões pastorais , que no entender dela , eram preconceituosas e desfocadas do verdadeiro evangelho . Atualmente é a Presidente do grupo , por aceitar a missão que Deus a chamou . 

2ª membro - Adailton


Jovem oriundo da cidade de Ipirá . Veio para  Alagoinhas  no objetivo de curar-se das drogas ; Foi interno da Casa de Passagem Belém ,onde conheceu Gilson , estreitando uma amizade que se estenderia após a sua saída do centro . Adolescente batalhador trouxe toda a familia da cidade onde moravam pra recomeçar uma nova vida nesta cidade . Hoje é reconhecido por todos os que conhecem a sua história , como um exemplo de superação e força de vontade . Hoje é dono de lanchonetes pela cidade .

1ª Membro - Gilson


Um dos fundadores do grupo . Foi o primeiro a trabalhar como missionário com uma visão diferenciada do trabalho de evangelismo associado ao assistencialismo . Membro da Igreja Batista Belém . Igreja esta que tem um centro de Recuperação de adoslecentes em situação de risco , chamada Casa de Passagen Belém . Lá ele tem um trabalho voluntário de acompanhamento dos internos reconhecido por toda Igreja ; Além disto como professor , sempre aliou a metodologia do ensino ao evangelismo escolar , através de trabalhos teatrais e palestras de combate ao uso de drogas . Tendo estas duas situações de trabalhos , criou gosto pela obra missionária . 

24 ª reunião - 16/10 - Foto Senhor do Bomfim

Eu , Regina , Erivan , Valdeir , MªClara e Jailson.
1 - Começo mais uma vez relembrando os fatos que aconteceram como o grupo durante toda a semana . Inicio contando da minha visita com Valdeir à casa de Erickson , que queria internação ; Continuo falando sobre ele , só que pulo para a sexta-feira , que foi o dia em que realizamos um culto na casa dele . Lá tivemos a confirmação dele que não queria mais se internar por ter conseguido um emprego . Oramos , louvamos e demos conselhos baseados na Palavra de Deus .( estavam presente : Luziane com irmã e mãe ; Erivan , Jailson , Regina , Marica , Ariela eu e Valdeir , além da dona da casa D. Tuninha ) . Mesmo assim o grupo estará acompanhando ele . Sobre Leonardo primo de Leozinho , estava certo de nesta mesma sexta -feira do culto na casa de Erickson ele participar ou visitarmos ele , mas o encontro quando me dirigia pro culto , e ele não quis ir . Ficou de passarmos na casa dele no retorno , mas saimos tarde do culto . Acertamos para irmos vê-lo na 4ª feira . Alisson também foi outro nome que analisamos nesta reunião ; No feriado do dia 12 : Valdeir, Maria Clara , Regina , Jailson e Tadeu foram convarsar ocm ele e D. Lourdes . E eu estive na casa dele na 5ª feira à noite para me certificar de que ele teria voltado a usar drogas e pegar as coisas na casa dele pra vender ; Confirmado isto resolvi que era momento de me afastar , mas o grupo decidiu em reunião não desistir dele ; Me propus a ir vê-lo na próxima semana .
2 - Antes de entrarmos na análise da semana , havia mostrado o caderno do grupo , que ue havia reorganizado e adiantado algumas anotações em cada matéria .
3 - Decidimos ir visitar a Igreja Nova Jerusalém na Pça. Kennedy no dia 24/10 , todo o grupo terá de estar presente nesta visita .
4 - Com respeito ao baba Jailson e Valdeir irão fazer as inscrições dos times . Dou a ideís de além do kilo de alimento , pagarem uma taxa de 2,00 , o grupo concordou . Também opino de se realizar um torneio de volei ou baleado entre as mulheres no mesmo  dia e local para também arrecadarmos as duas coisas o dinheiro de inscrição e alimentos . A data foi remarcada par o dia 07/11 na Casa de Passagem mesmo às 14 h .
5 - Sobre a viagem para Santo Antonio de Jesus , nada ficou definido ; Se iriamos através de " bate e volta "somente no sábado  ou se ficariamos os 3 dias em alguma hospedaria . Aviso a todos que não irei porque terei de ir para o evento no Dr. Jesus para entrega de certificado a Pardal .

23 ª reunião - 09/10 - Barbearia de Valdeir

Maria Clara , Valdeir , eu , Jailson , Regina , Ariela e Marcos
1 - A reunião incia com oração individual . Após orações Valdeir fala do propósito do grupo e das orações que ele tem feito por todos do grupo , inclusive dos que já não fazem mais parte dos Pacificadores . Maria Clara dá seguimento ás fals de Valdeir .
2 - Valdeir se desculpa por ter marcado comigo na segunda-feira passada para visitarmos um jovem que pede ajuda ao grupo . Maria Clara questiona desacerto dele . Interrompo os dois falando que devemos ter organização de pauta pra reunião . Eu digo que de agora em diante deveriamos começar as reuniões contando como foi a semana do grupo ; Dia a dia é destrinchada as atividades do grupo . Começo falando de Jailson , pois agor aele já pode realmente ser considerado um membro do grupo , por ter se convertido no ultimo domingo . Neste mesmo domingo pela tarde levo Tadeu , Regina e Jailson para conhecerem a casa de Passagem . À noite fui com Maria Clara ,  Jailson e Regina no encerramento do Congresso de Intercessão da Belém . Na quinta-feira depois de não ter acontcedido uma reunião com Pr. João na barbearia , eu chamo Maria Clara e Valdeir para irmos á casa de D. Lourdes , pois no inicio da semana ela havia procurado Maria Clara pra contar do risco de vida que Alisson corre porque o cara que le havia denucniado e ficou preso estava solto e já havia se encontrtado com ele . Chegando à casa dele ( este assunto demorou mais da metade da reunião pois contei toda a história pra os que não sabiam) , demos conselhos e no final ele se prostou enquanto orávamos sobre a vida dele . Houve debate no grupo quanto a decisão de interná-lo ou acompanhá-lo . A dificuldade de internação reside na resistência da vó contribuir financeiramente . Regina irá tentar conseguir que seja gratuita a internaçõa no Nova Vida em Feira de Santana ; No domingo irei conversar com ele e na terça-feira pela manhã irá o restante do grupo . Cito o nome de Neguinho , que a muito tempo me pede pra  levá-lo prum centro . Valdeir diz que tentará entrar em contato com Ir. Marcos que prometeu também levar Van para o Dr. Jesus .
3 - Ariela proxima reunião trará uma resposta de um primo dela , pra internação .
4 - Sobre o evento do Baba beneficiente , Valdeir terá uma respota do campo na próxima quarta-feira .
5 - Confirmação da Mini Vigilia  e da minha ida com Valdeir ao meio-dia visitar o jovem sa Santa Terezinha ; Tudo isto na segunda-feira .

22 ª reunião - 02/10 - Barbearia de Valdeir

Valdeir , Maria Clara , Jailson , Tadeu , Ariela ,Regina e eu
1 - Nos apresentamos como membros e nossos objetivos no grupo á Regina .Ela fala após isto e que a partir deste momento é mais uma integrante que chega com idéias e experiências de vida e profissionais . Ela já participou em Feira de Santana de grupo um pouco semelhante ao nosso e também é Assistente Social .
2 - Falei da visita que os Pacificadores fizeram À 16 . Fomos convidados pelo Pr. João que sria preletor numa igreja pentecostal e que queria divulgar o grupo ; Maria Clara é chamada por ele a falar sobre o grupo , mas prefere me chamar e passar o microfone pra mim ; Aproveito e peço pra que levantem-se e juntem-se a nós : Tadeu , Luziane , Valdeir e Rafael 1 . Expliquei à toda igreja o que vem a ser o grupo Pacificadores e das atividades do nosso grupo .
3 - Maria Clara fala da mulher que era pra o grupo providenciar internação pra ela . Que foi atropelada e que estava mal num hospital . Durante a semana antes de sabermos desta noticia , fui com Maria Clara ao Petrolar procurar ir. Irene para levarmos para O Abrigo Elohim ; Não a encontramos mas pegamos o numero do telefone dela . Aproveitando o momento em que falava de internação , conto do jovem chamado Natanael que Pardal encontrou e convidou-o a interná-lo e ele aceitou ; Ele é morador de rua e usuário de droga . Ligamos pra Maria Clara encontrar-se juntamente com Pardal com este rapaz pela manhã .Quando os dois o encontraram ele  desiste em  internar-se .
4 - Convido Regina a ocupar um cargo na diretoria ; Ela aceita o de 2ª Secretária e que nos diz que será Assistente Social no grupo . Ela também nomeia-se com aprovação do grupo de ser a Diretora de Eventos ; Convida Ariela a fazer parte da diretoria e esta recusa .
5 - Maria Clara pede que todos falem um pouco só Ariela não aceita falar .
6 - Jailson e Regina pegam o carnê do grupo .
7 - A Presidente passa para o 1ª Tesoureiro a quantia de 92,00 . Era 102,00 , mas foi comprado 10,00 de vales para usarmos na ida e volta da 16 .
8 - Ficou marcado o Baba para o dia 02/11 ; Valdeir e Jailson serão os responsáveis . Valdeir fica com a obrigação de procurar o local e Jailson com a inscrição dos times . Os inscritos deverão doar 1 kg de alimento não perecivél para participar ; Também as pessoas que forem assistir ao jogo deverão levar também . Será vendido churrasco ; Regina além de tentar ver se consegue mais , contribuirá com 2 kgs de carne ; Tadeu doará 1 kg ; Valdeir também ; Ariela dará 1 frango ; A contribuiçõa de Jailson será 1 kg de calabresa e de falar com parentes para doarem refrigerantes ; Maria Clara também dará 1 kg de calabresa e eu os materias do churrasco .
9 - Falo sobre as vigilias ; Fica decidido que  terá uma no dia 11/10 . Será uma mini vigilia começando as 18 h .
10 - Teremos que renovar as camisas ; Por ter mebros novos , faremos novas escolhas de cores , padrões e tecidos .
11 - Nas próximas reuniões levar uns modelos de cartaz para divulgação do grupo nas igrejas .

21 ª reunião - 24/09 - Casa de Fátima

Eu , Maria Clara , Antonio , Ariela , Fátima , Jailson e Erivan

1 - A reunião foi realizada neste dia (sexta-feira) e local por conta dos compromissos que eu e outros membros do grupo teriam no sábado . Eu viajaria pra Salvador e os outros estariam num aniversário nesta mesma casa.

2 - Antes de iniciarmos propriamente a reunião , houve oração e louvor e um pouco da Palavra dada por Maria Clara ; Ela discipula a familia que mora nesta casa.

3 - Começai voltando a falar da necessidade de preenchimento dos cargos da diretoria para registro . Particularmente  falei sobre a urgência em resolvermos esta questão . Explicitei o meu interesse em permanecer como 1ª Secretário , por achar que nenhum dos que faziam parte do grupo estariam aptos a desempenhar as atividades da secretária . Ficam em aberto os cargos de : Vice-Presidente (Ariela recusa o convite feito por mim na reunião ) ; 2ª Secretário ; 2ª Tesoureiro e o Conselho Fiscal ; Além dos diretores de Ação Social e de Eventos . Antonio e Fátima dizem não querer participar de nada . Jailson se interessa mas no momento não pode se torna inviável a ocupação de cargo , por ele ainda não ser evangélico.

4 - Maria Clara pede as mulheres do grupo , toalhinhas de rosto , para a confecção das mesmas com a logomarca dos Pacificadores . Estas toalhas serão para venda .

5 - Passo para Tadeu algumas coisas da Tesouraria .

6 - Falo que precisamos marcar novos eventos para angariação de fundos .

20 ª reunião - 18/09 - Casa de Zé Carlos

Eu , Zé Carlos , Sueli , Maria Clara , Valdeir , Luziane , Tadeu e Neide 

1 - Nesta reunião foi levantado o grupo de interseção ; Pessoas que vão estar orando pelo grupo Pacificadores ; São eles : Erivan , Neide , Valdeir e Sueli .

2 - José Carlos pediu afastamento do grupo, sem esclarecer os motivos pelos quais sai do grupo .

3 - Valdeir prontificou-se a visitar um jovem que seria sondado pra que o grupo possa acompanhá-lo ou se for necessário internação .

4 - Falamos sobre Anatonio Marcos e de sua estadia na cidade por 4 dias . Ele estará supervisionado e custeado pelo grupo . Ele veio à  cidade como parte do processo de recuperação dele ; Pois está chegando o término do período determinado pelo centro .

5 - Foi explicado aos que não sabiam da saída de Barreto e de outros membros , os reais motivos destes desligamentos no grupo .

6 - Erivan aceitou o cargo de 1ª Secretário .

7 - Houve próximo ao final da reuniã , um momento de orações ; Revelações foram feitas ; Zé Carlos caiu possesso e Sueli orou sobre a vida dele .

8 - Nesta reunião foi confirmada Maria Clara como Presidente do grupo .

19 ª reunião - 04/09 - Casa de Pedro

Barreto , Valdeir , Mª Clara ,Ariela , Zé Carlos , Célia , Pedro e eu

1 - Barreto inicia falando que o grupo precisa fazer cultos de libertação na casa de cada integrante.

2 - O Presidente também afirma que não haverá reunião para o dia 18 , pois foi convidadopara participar de um congresso na Quadrangular ; Maria Clara opina em fazermos no dia 17 e ele não concorda .

3 - Tentou-se marcar um dia para realizarmos uma vigilia . Não chegaram a nenhuma decisão , pois a maioria das pessoas não conseguia achar uma data e horário para confirmarem presença . Houve impasse até Barreto se dirigir a mim perguntando que dia eu poderia e também dizendo que eu não estava bem ; Na verdade eu estava calado enquanto eles discutiam procurando acertar a vigilia . Depois que falei que não poderia dia nenhum , por contas das minhas viagens à Salvador pela campanha de Aladilce e outros compromissos , ele num rompante ironiza dizendo que eu era o cabeça do grupo e que deixássemos tudo pra depois das eleições . Ele havia mostrado descontentamento e ameaçava sair do grupo várias vezes durante a reunião . Até que finalmente levanta pedindo para os donos da casa abrirem o portão , pois a partir daquele momento ele estava fora do grupo . Ficamos todos sem reação ; Até que eu por ter sido acusado por Barreto de dificultar a ordem e a hierárquia do grupo . Me desculpo tentando contornar a situação , e peço afastamento até o dia da eleição ; Só que ele já estava decidido ; Terminamos assim a reunião .

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

18ª reunião - 21/08 - Casa de Maria Clara

Maria Clara , Célia , Ariela , Valdeir , Zé Carlos , Barreto , Pedro e eu .

1 - Maria Clara começa abordando sobre as necessidades do grupo de se revestir mais espiritualmente e também na organização em relação às visitas aos necessitados . Ela abordou sobre um ponto de pregação na casa de Nete , mas eu e Barreto discordamos e preferimos que ela seja levada a uma igreja para ela congregar . Barreto cita o nome de Rosangela para afastarmos a mesma do grupo , por ela estar passando por problemas pessoais e familiares .

2 - Barreto passou 5 carnês para mim .

3 - Acerta-se que ficam proibidas às visitações ao grupo , determinada pelo presidente , Maria Clara discorda . O motivo da decisão foi a presença de Rafael na ultima reunião ; Barreto achou que ele não está preparado para fazer parte , nem ele e nem nenhum outro ex usuário de drogas .

4 - Fica marcado para sexta-feira na casa de Pedro e Célia reunião extraórdinaria para oração e estudo da apostila .

5 - Foi comentado que o ir. Mussá afastou-se do grupo  temporáriamente .

obs : A reunião foi registrada pelo 2ª Secretário Zé Carlos . Com posterior supervisão minha .

17 ª reunião - 07/08 - Casa de Pedro

Ró , Maria Clara , Rafael 2 , Barreto , Pedro , Célia , Zé Carlos , Mussá e eu .

1 - Foi emprestado à  Maria Clara a quantia de 150 , 00 reais ; Esse valor seria pra ela quitar divídas de contas de luz ; O valor real do débito era de 177 ,00 e ela queria emprestado do grupo somente 100 , 00 .

2 - Eu apresentaria uma idéia de regionalização das atividades do grupo ; Ou seja dividiriamos o grupo por regiões da cidade , para facilitação das ações do grupo .

3 - Mais uma vez houve discussão acerca do presidente . Ele em debate com o grupo não aceitava a idéia de ser o pastor do grupo . Dos que estavam presente só Zé Carlos apoiava a decisão de Barreto .

4 -  Foi apresentado Rafael , como mais um integrante do grupo .

5 - Tive que sair antes do final da reunião . Fui para Alagoinhas Velha , me encontrar com outros integrantes da Associação AQUA . Com a minha saída o restante da reunião só fez fomentar mais o debate sem chegar a nenhuma decisão . 

16ª reunião - 24/07 - Casa de Zé Carlos

Zé Carlos , Ariela , Mussá , Célia , Barreto , Mª Clara , Pedro e eu 

1 - Acertamos em reunião irmos na 2ª feira dia 26/07 , visitar algumas pessoas para que o grupo possa acompanhar . ás 19 h passaríamos na Praça Kennedy  para conversarmos com Gilbert ( antes teremos que confirmar com ele este encontro) ;Depois iríamos à casa de Nete , mãe de Taillan , para termos uma conversa com os dois . Se o encontro com Gilbert não ficasse marcado , iriamos somente pra casa de Nete ; Mas se ele ocorresse , remarcaríamos para irmos a casa de Taillan na 5ª feira . Também citamos os nomes de Vaninha ( mãe de Pardal) e Ró , para o grupo procurar ajudá-las . No caso  da ira. Rosangela , pagariamos umas contas atrasadas dela .

2 - Esperamos Adailton trazer uma lista de alimentos ou remédios para o grupo ajudar Edna ; Ela é membro da Belém e está passando por dificuldades , pois está fazendo sessões de quimioterapia .

3 - Falamos sobre a sede provisória para o grupo ; Zé Carlos irá falar com a proprietária da casa dele ,para ver se ela cede uma varanda vazia que ela tem .

4 - Barreto leu a relação da tesouraria . O grupo deu 20,00 reais a Pardal , quando alguns membros ( Mussá , Maria Clara e Barreto )  o visitaram no centro onde ele está internado em Candeias . O Presidente falou da conversa que teve com ele . O grupo ainda tem 359 ,00 em caixa . Foi lida a relação dos nomes que ainda faltam pagar o carnê . Pedro paga os meses de julho e agosto .

5 - Os membros pagarão o sapato de Pedro .  . Célia deu 13,00 reais do sapato .

6 - Célia aceita ser a 2ª Tesoureira .

7 - Barreto apresenta apostila de liderança no padrão bíblico e lê a introdução . Teremos que comprar esta apostila na mão dele .

8 - Durante quase toda a reunião Mussá e Barreto discutiram sobre todos os assuntos levantados ; Mas realmente o que foi mas insuportável foi quando Barreto disse que nenhum de nós ali presente erámos lideres  de nós mesmos e nem em nossas próprias casas . Mussá se indignou e começou a quastionar sobre o que Barreto falou e a partir daí começou o bate-boca que só terminou quando Ariela começou a chorar reclamando de fortes dores no braço . Terminamos a reunião com uma oraçõa sobre ela .

15 ª reunião - 10/07 - Casa de Pedro

Eu , Barreto , Zé Carlos , Pedro , Maria Clara , Célia , Valdeir , Sueli , Ariela , Samuel ( amigo de Valdeir) ;Rita e Genário ( parentes de Célia ) e Noêmia.

1 - Barreto Entrega os carnês e eu entrego as camisas . Ficou pra fazer uma camisa pra Pedro GG e apertar as mangas da de Célia pra serem Babylook . Vender as duas camisas que sobraram .

2 - Expliquei para os presentes , principalmente os que estavam como  observadores os objetivos do grupo ; Barreto deu continuidade . Samuel e Sueli falaram . Ela disse que irá falar com a Igreja dela  e ele disse que o trabalho dele dificultaria a permanência do mesmo no grupo .

3 - Valdeir aceitou participar dos Pacificadores e trará fotos 3x4 e os dados para confecção da carteita dele .

4 - Receberam carnês : eu , Barreto , Zé Carlos , Valdeir , Ariela , Maria Clara , Célia e Pedro .

5 - As reuniões continuam de 15 em 15 dias . Mas intercaladas com capacitação do grupo e vigílias com orações . O presidente tomou esta decisão após eu voltar a levantar o debate sobre o retorno das reuniões semanais .

6 - Sábado dia 17/07  na igreja  Nova Aliança  será exibida uma pregação . Pedro convida o grupo pra comparecer a esta exibição .

7 - Camisas entregues : 

M - Zé Carlos , Ariela , Mª Clara , Célia e eu .

G - Barreto e Adailton

GG - Mussá e Pedro


14ª reunião - 26/06 - Casa de Barreto

Maria Clara , Mussá , Barreto , Célia e Pedro .

Nesta reunião eu não estive presente ; Não houve quem pudesse ou quisesse registrar as decisões tomadas e os fatos qcontecidos . Fiquei sabendo do que se tratou na reunião posteriormente .

Deciciram neste dia que as reuniões seriam realizadas de 15 em 15 dias .

Pesquisar este blog

Carregando...

Foto Sr. do Bomfim

Foto Sr. do Bomfim
Rua Rodrigues Lima , 127 - Centro

GPdeS Produções

GPdeS Produções
Quando a arte e a vida se imitam .

Tatá Lanches

Tatá Lanches
Do Ir. Pedro

Barbearia Shalom

Barbearia Shalom
Do nosso ir. Valdeir